8, 9, 10… lá vou eu!

Está tudo ali… Em algum lugar da nossa memória… do nosso corpo e alma… Aliás, não sei como podemos separar uma coisa da outra!?

Esta inteireza que sentimos ao brincar está toda ali apenas esperando ser convocada… Chamada!

Quem não lembra, com vibrante entusiasmo, de um momento na infância em que brincávamos de esconde-esconde? Aquele momento em que procurávamos o esconderijo, ficávamos ali quietinhos, encolhidinhos, quase sem respirar para não ser encontrado.

“Todo o suspense ali presente e vivido intensamente”, como diria Fernando Pessoa.

E aí… Surgia uma brechinha… Saíamos correndo para dizer com toda a força do nosso ser “Adriana: salva”! Ufa!! E aí o pegador continuava ali… Procurando… Plenamente atento, onde todos os músculos e sentidos estão em prontidão para não deixar escapar mais um… Abro aqui uns parênteses apenas para comentar que me surpreendi ao escrever “Adriana: Salva!” Pois esta é a verdadeira sensação que o brincar nos trás! A Brincadeira nos salva, nos trás de volta a algo genuíno de nós mesmos e nos salva, nos trás o grande entusiasmo de estarmos vivos! Sim… É disso que se trata! Inteireza de alma e corpo, inteireza de se relacionar com o outro banhado de alegria! Renata Meirelles, pesquisadora da infância, viajou por todo o Brasil filmando e pesquisando as brincadeiras em vários locais e comunidades. Ela conta que em cada lugar que chegava os adultos diziam: “Ah, os meninos… As crianças não brincam mais.” Ela conta que a sorte dela foi que não acreditou nisso! E, assim, conta que ao mostrar seus vídeos com brincadeiras de outras crianças, as crianças daquele lugar se levantavam felizes chamando para mostrar brincadeiras e coisas lindas que sabiam fazer! Isso é maravilhoso! Está tudo em nós, ali, vivo pronto para brincar!

“8, 9, 10… Lá vou eu!!!”

Brincar é a coisa mais seria desta vida! Vamos lá!

Me dá sua mão!

Do que nós vamos brincar hoje?!

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

(11) 5536-9298
Rua Otávio Tarquínio de Souza, 1.045 – Campo Belo
04.613-003 – São Paulo, SP
casaamarela@casaamarelafestas.com.br

Todos os Direiros Reservados (C) Copyright 2018. Casa Amarela Festa. Optimized by